Caderno Corporativo da Adm Unochapecó

Socialização do Conhecimento na Área do Estudo da Administração

27.8.09

Resumo: Introdução à Administração e às Organizações

GABRIELA MERIGO Administração – l Período Unochapecó 

Resumo: Introdução à  Administração e às Organizações 

     No mundo atual, tornou-se de fundamental importância a existência de uma completa organização. Se faz presente na vida civilizada e para alcançar os seus objetivos, as organizações necessitam de uma administração.      Para uma correta administração, é necessário conhecer suas principais funções- planejamento, organização, direção e controle. Com esse domínio, garante-se o sucesso das organizações em um mundo que se apresenta cada vez mais globalizado, sem contar que, são os administradores que traçam os objetivos e conduzem as organizações.      As organizações são grupos de pessoas que se juntam a fim de alcançar os mesmos objetivos. Todas possuem um propósito ou uma finalidade. As pessoas que as constituem, tomam decisões e realizam um conjunto de tarefas.      As empresas são o nosso foco de estudo, formando uma organização. Elas procuram satisfazer seus clientes, e também seus trabalhadores e administradores. Gera excedentes, lucros e investe na sua auto-sustentaçào. A administração é um processo de coordenação do trabalho dos seus membros para atingir seus objetivos de forma eficaz e eficiente. Processo é um modo sistemático de fazer algo, coordenação para garantir que partes interdependentes funcionem. A eficiência é a capacidade de realização das atividades da organização, a eficácia é a capacidade de realizar as atividades alcançando os objetivos propostos.      Os administradores trabalham coordenando e dirigindo as atividades de outras pessoas contribuindo para a organização. Nem todas as pessoas que trabalham em uma organização são administradores. Os administradores podem ser classificados pelo nível que ocupam na organização e pelo âmbito das atividades.      A administração foi definida por Henri Fayol, um francês, como um processo dinâmico englobando as cinco funções: prever, organizar, comandar, coordenar e controlar. * Planejamento - permite a ação orientada e calculada. * Organização – distribuição das tarefas e dos recursos entre os membros. * Direção-  liderar, motivar, e coordenar os trabalhadores. * Controle – assegura que os objetivos estão sendo alcançados. Na prática, todas essas funções são executadas de forma interligada.      As organizações são divididas em áreas funcionais: a área de produção ou de operações, a área comercial e de marketing, a área de finanças e a área de recursos humanos. A área financeira é o sangue da organização, lida com todos os aspectos. Os administradores realizam as quatro funções da administração.      Para que os objetivos organizacionais sejam alcançados, os administradores desempenham certos papéis: - interpessoais: envolvem as relações dos administradores com outras pessoas, -informacionais: de grande importância para o administrador porque envolve a coleta, o processamento e a comunicação, -decisórios: implicam a tomada de decisões é a essência do trabalho administrativo.      A habilidade de um administrador pressupõe a idéia de potencial de realização. As habilidades conceituais relacionam-se com a capacidade de coordenação e integração dos interesses e atividades. As habilidades humanas dizem respeito à capacidade de relacionamento do administrador e as outras pessoas do grupo. Já as habilidades técnicas com a capacidade de uso das ferramentas e conhecimentos especializados.      As competências de um administrador  são definidas como o conjunto de conhecimentos, aptidões, que irão refletir em seu desempenho. A administração brasileira, assim como a de todo o mundo tem um objetivo único: guiar as organizações de forma a alcançar os objetivos. O administrador brasileiro segue o seguinte perfil: concentração de poder, personalismo, postura de espectador, aversão ao conflito, formalismo, lealdade às pessoas, paternalismo, flexibilidade.  Possuem uma visão imediatista, adoção de sistemas autocráticos, disfarce das formas autoritárias de poder, domínio de uma conduta gerencial sensível, entre outras.      Um inconveniente das empresas brasileiras é a elevada carga tributária com elevados custos de financiamento, burocracia ineficaz e produtividade reduzida.      Cabe a administração, portanto, formar pessoas que sejam capazes de superar as adversidades, deixando-os preparados para enfrentar qualquer situação empresarial e dando condições para resolvê-los com sucesso.  
criado por gabrielamerigo    23:42:17 — Filed under: Administração, Administração — Tags:

No Comments »

No comments yet.

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.


Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://admunochapeco.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.